segunda-feira, 28 de julho de 2014

Dicas de fogão a lenha!



Que a roça é uma delícia a gente já sabe! Mas a roça é uma delicia maior ainda no inverno! O tempo frio, os dias com céu aberto e o entardecer mais cedo deixam esta época do ano mais propícia pra reunir a turma ou a família. E tem como fazer alguma reunião sem servir uma comida gostosa? A gente acredita que não! Como na roça, uma das maneiras mais gostosas de fazer comida é no fogão a lenha, que tal pegar algumas dicas de como usar este método tipicamente roceiro com a gente?





Antes de começar a falar das deliciosas receitas que um fogão a lenha pode nos proporcionar, que tal conhecer um pouco de sua história? O fogão a lenha é originário de técnicas indígenas de cocção (mais especificamente dos Timbiras e Tupis-Guaranis), que acendiam fogo em um buraco feito no chão, protegido por várias pedras, onde posicionavam as panelas com seus alimentos. O sabor dos pratos elaborados neste fogão era tão característico e exótico que conquistou a casa dos bandeirantes, que transformaram o pequeno buraco em um artefato de cozinha. Apesar de cair no desuso ao longo da evolução da espécie humana, especialmente com a chegada de eletrodomésticos mais práticos e compactos, o fogão a lenha ainda é bastante utilizado em áreas rurais de Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina.



Existem várias maneiras para acender o fogão a lenha, e geralmente cada cozinheiro utiliza o método que se sente melhor. O mais comum, e que vamos citar aqui, é a distrubuição da lenha grossa no fundo do fogão, e pequenos gravetos mais no topo da pilha, todas bem secas para que o fogo pegue bem. Coloque, no centro da pilha, alguns pedaços de papel de revista ou jornal e, se desejar, molhe um pouco com álcool liquido. Depois, com auxilio de um pedaço longo de papel enrolado, acenda o centro da pilha. Vá acompanhando até a fogueira pegar nas grandes lenhas, e ai é hora de cozinhar! Para controlar o fogo, vale uma atenção com a saída da fumaça pela chaminé: quanto mais fechada a saida do ar, maior será o fogo (e consequentemente a fumaça dentro de casa), e quanto mais aberta, menor é a chama.



Não é qualquer panela que pode ir em um fogão a lenha. Como o fogo é muito alto, as panelas finas devem ser evitadas para que não estraguem, ou entortem, com o calor. Evite também panelas com cabo de plástico, que podem derreter, dando preferência a cabos de metal ou madeira. Panelas de pressão também não devem ser usadas neste tipo de fogão. As panelas de barro são as mais indicadas para a cocção a lenha, por ser mais espessas e por dar um sabor especial, mas algumas pessoas também usam panelas de aço quando o fogo é baixo. Para não queimar, deixamos aqui a nossa dica especial: antes de colocar no fogo, passe um pouco de sabão de barra no fundo, pelo lado de fora da panela, para evitar que ela fique preta e difícil de limpar.



Agora que o assunto aguçou sua vontade de cozinhar, vamos deixar aqui uma receita típica para preparar em fogão a lenha. Vale a pena ressaltar que nem todo tipo de alimento deve ser preparo neste fogão. Receitas que demandam fogo baixo, como arroz e macarrão, podem queimar com muita facilidade, por isto sempre leve em consideração qual o tempo de cocção e temperatura ideal para escolher suas receitas do fogão a lenha.

COSTELINHA COM ORA PRO NOBIS!!!
-2,5 kg de costelinhas cortadas em pedaços (no osso) 
-2 1/2 litros de água 
-1 colher de sopa de óleo 
-1 colher de sopa de sal 
-1 cebola média ralada 
-1 dente de alho amassado 
-1 colher de sopa de urucum (colorífico) 
-1 folha de louro 
-50 ml de cachaça (ou conhaque) 
-50 ml de suco de limão pimenta a gosto folhas de ora pro nobis sem o talo e picadas 


Modo de preparo:
Ferva a água com a cachaça (ou conhaque) e o suco de limão. Coloque as costelinhas e deixe cozinhar por alguns minutos (se secar a água coloque mais um pouco). 
Escorra e reserve as costelinhas. Em uma frigideira grande, aqueça o óleo e frite as costelinhas aos poucos, deixando dourar bem. Despreze a gordura da frigideira, aqueça uma panela grande de ferro, coloque as costelinhas, acrescente a cebola, o alho, tempere com o sal, o louro, o urucum, um pouco de água, a pimenta, tampe, deixe ferver e abaixe o fogo. 
Deixe cozinhar por umas 2 a 3 horas, completando com mais água sempre que começar a secar.



Aqui no Sítio Afranópolis a gente adora um fogão a lenha. Quer conhecer mais receitas nossas? Vem visitar a gente!

Um comentário:

  1. Adorei as dicas!
    Adoro cozinhar nas panelas de pedra! Temos seis panelas, duas formas, uma travessa, um rechaud e dois pilões. Para mim são as melhores.
    Abraço,

    ResponderExcluir